Fique em casa! E cuide da sua saúde mental!

A rapidez com que o coronavírus está contaminando as pessoas está gerando em todos nós uma sensação de impotência e perigo iminente. Quando surgem casos de óbitos, ficamos ainda mais apreensivos.

Porém, devemos fazer o possível para que essa pandemia não nos cause danos mentais maiores, roubando nossas energias e a nossas forças.

Precisamos estar mentalmente saudáveis para nos proteger, nos cuidar e nos recuperar desse momento.

Primeiramente, precisamos entender que em momentos como esse, o medo e a ansiedade são sentimentos normais. O que não podemos é deixar que esses dois sentimentos saiam do controle e se transformarem em pânico, pois isso não irá ajudar em nada.

Como forma de manter a nossa saúde mental saudável durante este período, procure buscar fontes confiáveis para obter informações sobre a pandemia e escolha determinados horários para se informar. Não fique obcecado por obter informações o tempo todo, pois isso gerará estresse e aumentará o medo e a ansiedade.

Aprenda a filtrar as informações que recebe nos grupos de Whatsapp ou em outras redes sociais, pois infelizmente nessas redes, divulgam muitas informações maldosas, boatos e fakenews.

Tente não enxergar o isolamento social como algo ruim. Ele é passageiro e é extremamente necessário para evitar a propagação do coronavírus.

Durante esse isolamento, você pode se sentir sozinho, mas não enxergue essa solidão como um abandono. Na verdade, todos estamos fazendo um esforço coletivo, para um bem comum.

Mesmo em casa, procure manter-se ativo, pois a ociosidade dá margem para o surgimento de pensamentos e emoções ruins. O isolamento não significa ter que ficar em casa sem fazer nada. Você pode ler, estudar, ouvir músicas, assistir séries ou filmes, colocar trabalhos atrasados ou matérias atrasadas em dia e, dependendo da sua profissão, você pode continuar trabalhando em casa. Se possível, tente também realizar atividades físicas no seu domicílio.

Nesse período, você também pode aproveitar mais a sua família e se reaproximar mais daqueles que mais ama. Pode conversar mais com seus pais e brincar mais com seus filhos e estabelecer laços ainda mais fortes com eles.

Tente não reclamar, quanto mais você reclama, mais você vê a situação de forma negativa.

Não compartilhe fakenews, se tiver dúvidas sobre alguma informação, tente primeiro checar se é verdade ou não. Busque fontes oficiais, como a organização mundial da saúde (OMS), o Ministério da Saúde e os grandes veículos de comunicação.

Por fim, tente ser luz e ajude as pessoas a passarem por esse momento da melhor forma possível. Se for preciso, se não estiver conseguindo lidar com a situação, busque ajuda profissional, como por exemplo através do número 188.

Juntos venceremos esse vírus e sairemos mais fortes!




Dra. Lígia Adami

Médica

CRM-CE14674

Rua Clóvis Alexandrino, 1977, João XXIII, Limoeiro do Norte - CE

(88)999802166 (88)994634325 (88)998698507

14 visualizações