Gestação gemelar. Você sabe quais os tipos?



Como muitas pessoas já sabem, em nem todas as gestações gemelares os gêmeos são idênticos. Existem dois tipos de gestações gemelares:

1 - A monozigótica (univitelina): que é quando um único óvulo é fertilizado e se divide em dois, originando gêmeos idênticos, com a mesma carga genética e, portanto, com o mesmo sexo.

2 - A dizigótica (bivitelina): que é quando óvulos diferentes são fertilizados, originando gêmeos sem a mesma carga genética. Nesse tipo de gestação gemelar, os bebês podem ou não ter o mesmo sexo.

As gestações dizigóticas são as mais frequentes, correspondendo a 70-80% das gestações gemelares e elas são sempre dicoriônicas, ou seja, possuem duas placentas.

Já as monozigóticas podem ser dicoriônicas (com duas placentas) ou monocoriônicas (quando os gêmeos dividem uma única placenta).

A frequência de gestações monozigóticas tem uma taxa constante de 4 em 1000 gestações, apresentando pequena variação em relação à idade materna, principalmente acima dos 40 anos, respondendo por 20 a 30% de todas as gestações gemelares.

Em outro post, falarei sobre algumas complicações das gestações gemelares.


3 visualizações