Gravidez e coronavírus!

Atualizado: Abr 5

Devido ao COVID19, uma grande dúvida é sobre o risco em gestantes e, consequentemente, nos bebês. Ainda se sabe pouco sobre o COVID19 e seu efeito em mulheres grávidas e bebês. Mas sabe-se que na gravidez ocorrem muitas mudanças no organismo materno, dentre elas estão as modificações imunológicas.

Os dados atualmente disponíveis sobre o COVID19 não parecem indicar que as mulheres grávidas estão em maior risco. Mas, mesmo que os dados sejam insuficientes, as gestantes devem ficar mais atentas e tomar todas as medidas de prevenção. Resultados adversos em bebês, como por exemplo, parto prematuro, foram relatados entre bebês nascidos de mães com COVID19 na gestação. No entanto, essas informações são baseadas em dados limitados e não está claro que esses resultados estejam relacionados à infecção materna. Também não está claro se o novo coronavírus pode atravessar a barreira placentária até o feto. As gestantes devem seguir as mesmas orientações que o público em geral para evitar infecções. Algumas recomendações são:

1-lave as mãos com água e sabão com frequência;

2-mantenha uma distância mínima de 2 metros das outras pessoas;

3-evite tocar nos olhos, nariz e boca;

4-ao tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com o cotovelo dobrado ou com um lenço (e o descarte logo em seguida);

5-não interrompa o seu pré-natal;

6-evite aglomerações;

7-evite automedicação;

8-siga as recomendações de isolamento social;

9-se tiver que sair de casa, use máscara caseira ou de pano (descarte ou lave a máscara logo após o uso);

10-se estiver com febre, tosse ou dificuldade para respirar, procure atendimento médico.

Uma mãe com COVID19 (confirmado ou suspeita), deve tomar todas as precauções possíveis para evitar espalhar o vírus para o bebê, incluindo todas as medidas acima citadas. Deve sempre lavar as mãos antes de tocar no bebê e usar uma máscara facial durante a amamentação. Se estiver extraindo leite materno com uma bomba manual ou elétrica, a mãe deve lavar as mãos antes de tocar em qualquer peça da bomba ou da garrafa e seguir as recomendações para uma limpeza adequada da bomba após cada uso. Se possível, deixe que alguém que esteja saudável dê o leite materno ao bebê.


2 visualizações