O fumo e a COVID-19!


O INCA (Instituto Nacional do Câncer) alerta sobre os riscos do tabagismo e do uso e compartilhamento do narguilé e cigarros eletrônicos, para a infecção pelo coronavírus. Fumar aumenta o risco de contrair infecções bacterianas e virais, como a Covid-19, causada pelo novo coronavírus.

Entre os pacientes chineses diagnosticados com pneumonia associada ao coronavírus, as chances de agravamento da doença foram muito maiores entre as pessoas com histórico de tabagismo em comparação com as que não fumavam. Em relação ao narguilé e ao cigarro eletrônico, o risco de transmissão do vírus cresce ainda mais, já que é comum o uso compartilhado desses dispositivos de fumo. Alguns países, como Irã, Kuwait, Paquistão, Catar e Arábia Saudita, proibiram o uso do narguilé para prevenir a transmissão do coronavírus.

Vale ainda lembrar que a utilização do narguilé e de cigarros eletrônicos podem transmitir ainda herpes, hepatite C, tuberculose, entre outras doenças infectocontagiosas. E o uso desses dispositivos a longo prazo, causam câncer de pulmão, boca e bexiga, estreitamento das artérias e doenças respiratórias, entre outros problemas graves de saúde.

Previne-se! Cuide da sua saúde e da saúde dos outros!

5 visualizações